Eu e Outras Poesias

Eu e Outras Poesias Toma um f sforo Acende teu cigarro O beijo amigo a v spera do escarro A m o que afaga a mesma que apedreja Se a algu m causa inda pena a tua chaga Apedreja essa m o vil que te afaga Escarra nessa

  • Title: Eu e Outras Poesias
  • Author: Augusto dos Anjos
  • ISBN: 9788525409751
  • Page: 388
  • Format: Paperback
  • Toma um f sforo Acende teu cigarro O beijo, amigo, a v spera do escarro, A m o que afaga a mesma que apedreja.Se a algu m causa inda pena a tua chaga, Apedreja essa m o vil que te afaga, Escarra nessa boca que te beija Versos ntimos 1901 Augusto dos Anjos 1884 1914 foi ignorado pela cr tica do come o do s culo Se alguma exce o se abriu, foi para reput Toma um f sforo Acende teu cigarro O beijo, amigo, a v spera do escarro, A m o que afaga a mesma que apedreja.Se a algu m causa inda pena a tua chaga, Apedreja essa m o vil que te afaga, Escarra nessa boca que te beija Versos ntimos 1901 Augusto dos Anjos 1884 1914 foi ignorado pela cr tica do come o do s culo Se alguma exce o se abriu, foi para reput lo como autor de versos estapaf rdios e aberrantes Nas d cadas seguintes acabou reconhecido como um dos mais admirados e originais poetas brasileiros Este volume inclui Eu 1912 , nico livro publicado em vida, e outras poesias publicadas de maneira esparsa Augusto dos Anjos , certamente, o precursor da moderna poesia brasileira, poesia esta que daria seu voo somente em 1922, na c lebre Semana da Arte Moderna.

    • [PDF] ↠ Free Download Ä Eu e Outras Poesias : by Augusto dos Anjos ↠
      388 Augusto dos Anjos
    • thumbnail Title: [PDF] ↠ Free Download Ä Eu e Outras Poesias : by Augusto dos Anjos ↠
      Posted by:Augusto dos Anjos
      Published :2018-08-02T09:21:00+00:00

    1 thought on “Eu e Outras Poesias”

    1. Augusto dos Anjos é considerado um dos nossos grandes poetas, mas a imagem que ficou associado ao seu nome foi a da morbidez, de um autor que fazia poesias sobre cadáveres em putrefação. Na verdade, ele foi um dos poetas mais honestos que já existiu pois tratou claramente do tema recorrente de 90% da literatura mundial: a morte.Acho que alguém já disse que a morte é o único tema relevante para um escritor. Outro, quem sabe o mesmo, disse que a única questão relevante era se um homem d [...]

    2. Os poemas em geral são bons, gostei de vários mas achei os temas um pouco repetitivos chegou um ponto do livro em que eu estava tipo: “Quantas vezes ele vai repetir essa palavra??” ou então “eu já não li um poema sobre isso há algumas páginas atrás?”

    3. Primeiramente lamento como é ruim que esse autor tenha feito apenas esse livro e lamento também como a editora estragou o título. Eu gosto da escrita dele, é marcante e original, mas confesso que muitas vezes os poemas estavam repetindo temas e de uma forma meio forçada o que o deixou um tanto monótono; entretanto, impossível não se surpreender com o poema A Árvore da Serra, um dos meus preferidos porque a maestria dele no ofício da escrita ficou, a meu ver, comprovada por completo por [...]

    4. Augusto dos Anjos foi bastante original ao utilizar elementos do simbolismo e introduzir novos a partir das ciências naturais ("biopoemas"). Morreu aos 30 anos com uma infeção respiratória e os sintomas estão presentes na sua obra como parte dos constrangimentos da existência. Embora algumas passagens sejam muito dramáticas ou unilaterais, outras são espetaculares. Recomendo, é um dos meus autores preferidos

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *